Portal de Paulinia | O seu Jornal on-line

Dom18082019

Entrar emCONTATO

Back Região Política Com pressão popular, vereadores de Campinas não aumentam salários

Com pressão popular, vereadores de Campinas não aumentam salários

Sessão foi acompanhada por 200 espectadores.Assistida por 200 populares, os vereadores de Campinas desistiram de reajustar os próprios salários em 48% para a legislatura 2013-2016. Os espectadores da sessão realizada na Câmara na noite de quarta-feira, 27, marcaram protestos pelo Facebook desde o início da semana. Diante disso, é necessária a votação de uma emenda, escrita à mão e assinada pelos 33 parlamentares, que estipula 0% de aumento.

A remuneração dos vereadores para o próximo ano passa de R$ 7.117,60 para R$ 7.449, diferença que se refere apenas ao dissídio, incorporado automaticamente aos vencimentos dos legisladores. A proposta de 48% foi apresentada após a repercussão negativa causada pelo aumento de 126%.

Diferentemente do que era esperada, a discussão sobre o aumento entre os vereadores não foi acalorada, já que o acordo para aprovar o reajuste de 0% foi acertado nos bastidores. A emenda foi aprovada com 32 votos favoráveis e nenhum contrário.

Os manifestantes saíram da Casa comemorando o que consideraram uma "vitória do povo".

Com pressão popular, vereadores de Campinas não aumentam salários