Qua23072014

Entrar emCONTATO

Back Região Oportunidades Vagas de emprego em Campinas não são preenchidas em 60%

Vagas de emprego em Campinas não são preenchidas em 60%

Pizzaiolo é uma das profissões que falta profissional com experiência.De acordo com o CPAT (Centro de Apoio ao Trabalhador) de Campinas, 60% das vagas de emprego não são preenchidas na cidade, por conta da falta de qualificação profissional.

O órgão informou que funções como assistente administrativo, açougueiro, operador de caixa, balconista, pizzaiolo e confeiteiro, empresários levam meses para conseguir contratar o profissional que tenha as características exigidas. A ocupação das vagas gira em torno de apenas 40% no município.

Neste mês de julho estão abertas 1,3 mil postos de trabalho. E não faltam opções de cursos de qualificação ou formação profissional. Ao todo são oferecidos em Campinas pelo menos dois mil deles.

Serviço:

Unidade Centro

Avenida Campos Salles, 427 – Centro

De segunda a sexta-feira - Das 8h às 18h

O atendimento na última sexta-feira do mês é encerrado às 12h

Unidade Ouro Verde

Terminal Hortoshopping

Rua Armando Frederico Renganeschi, 61 – Piso Superior – Box 12

De segunda a sexta-feira - Das 8h às 17h

O atendimento na última sexta-feira do mês é encerrado às 12h

Vagas de emprego em Campinas não são preenchidas em 60%

Adicionar comentário