Portal de Paulinia | O seu Jornal on-line

Ter11122018

Entrar emCONTATO

Back Região Notícias Paulínia é a cidade da região com maior crescimento populacional segundo o IBGE

Paulínia é a cidade da região com maior crescimento populacional segundo o IBGE


crescimento-populacional-rmc

As Estimativas Populacionais 2017, divulgadas no dia 30/08 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontaram que a cidade de Paulínia teve maior aumento populacional na RMC (Região Metropolitana de Campinas) com 2,37%. O cenário se repete em todo Brasil, quando comparadas metrópoles e cidades menores. Em Campinas, o crescimento populacional em uma ano foi de 0,77%, curiosamente o mesmo da média nacional. Passou de 1.173.370 habitantes para 1.182.429 pessoas.

O aumento é mais sensível nas cidades menores. Em Indaiatuba, por exemplo, o crescimento foi de 1,8%. Os mais altos registrados foram de Paulínia, com 2,37% e Engenheiro Coelho, 2,30%. Esse cenário, de acordo com o NEPO (Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó”) da Unicamp, tem relação com questões econômicas, como o preço da terra. “É uma tendência que se repete em várias regiões: um crescimento menor do núcleo e maior das cidades na periferia. Entre os motivos está o mercado de terras e da especulação imobiliária em grandes cidades, que faz o preço da terra subir muito, e o mercado de trabalho mais qualificado na metrópole. Por outro lado, o interior tem acompanhado a expansão agroindustrial, que emprega muita gente”, comenta Natália Belmonte Demétrio, pesquisadora do NEPO.

A pesquisadora também fala dos deslocamentos pendulares (de quem vive em outra cidade e viaja para trabalhar ou estudar em Campinas). A crise econômica também contribuiu para esse fluxo de saída para as cidades do interior, segundo Fabrício Pessato Ferreira, professor de Economia e Finanças. “O custo de Campinas é muito caro. E com a crise, sem condição de manter o padrão de vida, as pessoas vão buscar cidades menores onde o custo de vida é menor”, explica. Além disso, o economista também cita a procura por condomínios fechados, usando essas cidades como “cidades dormitórios”, e trabalhando na metrópole.

Campinas é a 14ª cidade mais populosa do país. A 2ª com maior população excluindo as capitais, perdendo apenas para Guarulhos. No Brasil do total de 5.570 cidades do país, 24,5% apresentaram queda de população. Entre as capitais, o maior crescimento foi de Palmas (TO), com 2,48%, e a menor foi Porto Alegre (RS), com 0,26%. São Paulo cresceu 0,57%.

 

 

 

 

-

Paulínia é a cidade da região com maior crescimento populacional segundo o IBGE