Sex25042014

Entrar emCONTATO

Dia da Consciência Negra traz programação especial à região

Biblioteca Pública Municipal apresenta rodas de capoeira, lançamento de livro, entre outras atividadesA Biblioteca Pública de Piracicaba celebra nesta terça-feira, 20, Dia da Consciência Negra, a data que marca a luta do negro contra a escravidão no país e à reflexão da importância da cultura africana no processo de formação do Brasil.

A programação especial gratuita começa às 14h. Entre os destaques estão o lançamento do livro Dandara, de Vanderlei Bastos, e apresentações de capoeira, samba de lenço, maracatu e ritmos afrobrasileiros, além de painel para professores sobre a ação afro na educação básica.

Haverá ainda atividades paralelas, como a exposição de trabalhos de escolas municipais, histórias com Camila Gordilho, Graziela Angelocci e Anderson Brongna e também a mostra África Negra, da artista plástica Lilian Françoso, que pode ser conferida até quarta-feira, 21, no hall da biblioteca.

As atividades contam com apoio do Centro de Documentação, Cultura e Política Negra e do Programa Difusão Cultural Afro-Brasileira.

A Biblioteca Pública Municipal Ricardo Ferraz de Arruda Pinto fica na Rua do Vergueiro, 145, no Centro de Piracicaba.

Zumbi

Estabelecida por meio da lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003, a data foi escolhida para relembrar a morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, em 1695, engajado na luta do negro contra o regime de escravidão brasileiro, na época do Brasil Colônia.

Ele morreu em guerra ao defender seu povo e sua comunidade. Isso porque os quilombos resistiam ao sistema escravista – encerrado em 1888 - e brigavam para manter a cultura africana no Brasil.

Na região, o feriado é comemorado em Piracicaba, Campinas, Hortolândia, Itatiba e Nova Odessa, que incluiu este ano a celebração no calendário oficial municipal.

Dia da Consciência Negra traz programação especial à região

Adicionar comentário