Sex25072014

Entrar emCONTATO

Back Inicio Notícias de Paulínia Cidade Paulínia: 'Greve na Replan pode durar dias', afirma sindicato

Paulínia: 'Greve na Replan pode durar dias', afirma sindicato

Proposta de R$ 2 mil de PLR e R$ 50 de aumento para vale alimentação foi rejeitada.Cerca de 8 mil funcionários terceirizados pela Refinaria da Petrobrás em Paulínia (Replan) entraram oficialmente em greve a partir das 7 horas desta terça-feira, 22, por conta do entrave nas negociações por parte das empresas e não há previsão de acordo e retorno às atividades, segundo o presidente do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro), de Campinas, Jeferson de Paula.

Um número equivalente a 8 mil funcionários entraram definitivamente em greve. Em relação ao acordo ainda não há nenhuma previsão. Ele só será realizado quando recebermos uma proposta adequada para entregar aos trabalhadores. O movimento grevista, inclusive, poderá durar alguns dias”, afirmou de Paula em entrevista ao Portal de Paulínia.

O Sindicato das Empresas e Transportadores de Combustível e Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sindtanque) informou que funcionários das áreas da construção civil, montagem e manutenção reivindicam 15% de reajuste salarial, plano de saúde nacional familiar, R$ 2,5 mil de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e R$ 450 para o vale alimentação.

Por meio do advogado das empresas terceirizadas, Marcos Cruz, nas últimas horas foi oferecido 8% de reajuste, R$ 2 mil de PLR, continuidade do plano de saúde e R$ 50 de aumento ao vale alimentação. Entretanto, não houve acordo.

A assessoria de imprensa da Petrobrás reiterou que a produção não será afetada.

Comentários 

 
#1 henrique f g filho 22-05-2012 15:06
sou funcionario no replan e estou viajando sera que esta greve vai durar?
Citar
 

Adicionar comentário