Qua23072014

Entrar emCONTATO

Back Esportes Notícias Galvão conta emoção vivida na final da Copa de 1994

Galvão conta emoção vivida na final da Copa de 1994

Galvão Bueno é um dos funcionários mais antigos da Rede Globo.Galvão Bueno contou que quase desmaiou durante a decisão por pênaltis na final Copa do Mundo de 1994. O narrador global foi o entrevistado de uma edição especial do programa É gol!!!, do SporTV, e afirmou que teve um pressentimento ruim antes da decisão de 98, contra a França.

O mal estar veio depois que Márcio Santos errou o primeiro da série de cinco penalidades do Brasil. “Ali foi um choque emocional, comecei a ficar zonzo, pensei que fosse desmaiar. Eu não sei se foi o calor, mas eu quase apaguei. Aí pensei comigo mesmo ‘trabalhei a vida inteira para estar aqui hoje’”, disse o narrador, que em seguida comemorou o tetracampeonato. “O maior grito de gol que dei foi um chute para fora. Foi um grito de gol sem gol”.

Sensação diferente foi em 1998, quando o Brasil foi derrotado pela França por 3 a 0 na decisão da Copa. “Vou confessar pela primeira vez que eu já achava que o clima na chegada ao estádio não era bom”, revelou, em comparação às finais de 94 e 2002. Na ocasião, Edmundo havia sido escalado no lugar de Ronaldo, para surpresa de toda a imprensa mundial. “Quando eu vejo, estavam todos olhando para nós, mas ninguém sabia o que tinha acontecido. Depois o Ronaldo aparece no jogo. Vi que estava tudo maluco”, disse.

Galvão conta emoção vivida na final da Copa de 1994

Adicionar comentário