Portal de Paulinia | O seu Jornal on-line

Dom23112014

Entrar emCONTATO

Back Brasil Saúde Bebê tem perna amputada por erro médico no Rio de Janeiro

Bebê tem perna amputada por erro médico no Rio de Janeiro

Menina com pouco mais de 15 dias de vida teve perna amputada. Imagem: Reprodução TV Globo A família de um bebê de 15 dias de vida acusa os médicos do Instituto Fernandes Fiueira (IFF), no Rio de Janeiro, de causarem a amputação de uma das pernas da recém-nascida. A instituição, ligada à Fundação Oswaldo Cruz, é referência no atendimento a recém-nascidos.

Segundo os parentes, a criança, que nasceu com quadro de hidroanencefalia grave, que é acúmulo de líquido na cabeça no lugar de parte do cérebro, passava por um procedimento neurocirúrgico quando teve sua perna queimada por um equipamento.

Em nota, o Instituto Fernandes Figueira informou que "durante a cirurgia, a equipe observou a ocorrência de uma queimadura na região proximal da perna direita, onde havia sido colocada a placa para utilização do bisturi elétrico, procedimento padrão nesses casos. O evento, que causou alterações de fluxo sanguíneo no membro lesionado, foi imediatamente notificado à direção do Instituto, que iniciou investigação para apurar as causas do ocorrido”.

A amputação aconteceu na segunda-feira, e a criança está com estado clínico estável, apresentando boa evolução. "Está doendo muito. É tudo muito triste. Ver minha filhinha assim, toda entubada. Uma neném que estava boa, só com uma sondinha, ficar assim cheia de tubos", desabafa Karen Caroline Nascimento da Silva, mãe da criança. O caso foi registrado no 9º DP (Catete) como lesão corporal.

Bebê tem perna amputada por erro médico no Rio de Janeiro